VÍDEOS CK NEWS

Loading...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Lula promove Vinicius de Moraes a Embaixador.

Antes de mais nada, foi feita justiça... Viva Vinicius!!! Aqueles anos malditos da ditadura marcaram encontro com a história e os que foram silenciados pela força e arbitrariedade podem finalmente descansar em paz.

Lula promove Vinícius de Morais nos 30 anos de sua morte
Lei torna o artista Ministro de Primeira Classe da Carreira de Diplomata
23 de junho de 2010 | 13h 55
Jotabê Medeiros - O Estado de S. Paulo

Divulgação
Vinicius de Moraes, que foi poeta, compositor, dramaturgo, jornalista e diplomata

SÃO PAULO - Trinta anos após a morte do poeta, compositor, dramaturgo, jornalista e diplomata Vinícius de Moraes, o presidente Lula sancionou uma lei, na terça, 22, que torna o artista Ministro de Primeira Classe da Carreira de Diplomata. A razão para o ato é que Vinícius foi prejudicado em sua carreira diplomática, tendo sido aposentado compulsoriamente em 1968 por conta do Ato Institucional n.º 5.

Os benefícios de pensão a que a família de Vinicius tinha direito passam a ter um aumento substancial - um ministro de primeira classe tem salário médio de R$ 20 mil. Vinicius de Moraes (Rio, 19/10/1913 - Rio, 9/7/1980), que se chamava Marcus Vinícus da Cruz de Mello Moraes, foi reprovado em 1942 em seu primeiro concurso para o Ministério das Relações Exteriores (MRE).
Em 1943, concorreu novamente e desta vez foi aprovado. Em 1946, assumiu o primeiro posto diplomático como vice-cônsul em Los Angeles. Com a morte do pai, em 1950, Vinicius de Moraes retornou ao Brasil. Nos anos 1950, foi secretário da Embaixada do Brasil em Paris e em Roma, onde costumava realizar animados encontros na casa do escritor Sérgio Buarque de Holanda.
Amigo de Manuel Bandeira, Mário de Andrade e Oswald de Andrade, parceiro de Tom Jobim, Chico Buarque, Peri Ribeiro e da nata da MPB, Vinícius foi um autor prolixo. Além das obras poéticas, é autor da conhecida peça Orfeu da Conceição.

Eis a íntegra do despacho, publicado no Diário Oficial:

LEI N.º - 12.265, DE 21 DE JUNHO DE 2010

Promove post mortem o diplomata Marcus Vinícius da Cruz de Mello Moraes.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º É promovido post mortem a Ministro de Primeira Classe da Carreira de Diplomata o Primeiro-Secretário Marcus Vinícius da Cruz de Mello Moraes.
Parágrafo único. Ficam assegurados aos seus atuais dependentes os benefícios de pensão correspondentes ao cargo de Ministro de Primeira Classe da Carreira de Diplomata.

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 21 de junho de 2010; 189.º da Independência e 122.º da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Celso Luiz Nunes Amorim